Jumento Celestino

Mamonas Assassinas

  • Composição: Dinho, Bento Hinoto, Samuel Reoli, Sérgio Reoli e Júlio Rasec
  • Álbum: Mamonas Assassinas
  • Lançamento: 1995
  • Gravadora: EMI

  • As informações acima estão incorretas? Por favor, comunique-nos clicando aqui para que possamos corrigir.

Backing Track

Tonalidade Instrumentos presentes Formato
G7 Baixo, Bateria, Sanfona, Teclado MP3 Enviar BT

LETRA

Tava ruim lá na Bahia, profissão de bóia-fria, trabalhando noite e dia, não era isso que eu queria, eu vim-me embora prá Sum Paulo. Eu vim no lombo dum jumento, com pouco conhecimento enfrentando chuva e vento, dando uns peido fedorento, até minha bunda fez um calo Chegando na capital, uns puta predião legal. As mina pagando um pau, mas meu jumento tava mal precisando reformar Fiz a pintura, importei quatro ferradura, troquei até dentadura e prá completar a belezura eu instalei um roadstar! Descendo com o jumento na maior vula ultrapassei farol vermelho dei de frente cuma mula Saí avuando, parecia um foguete só não estourei meu coco, pois tava de capacete Me alevantei o dono da mula gritando o povo em volta thudo olhando e ninguém pra me socorrer Fugi mancando e a multidão se amuntuando em coro tudo gritando: Baiano, cê vai morrer! Depois desse sofrimento, a maior desilusão prá aumentar meu lamento foi-se embora meu jumento e me deixou com as prestação Hoje eu tô arrependido de ter feito migração volto pra casa fudido, com um monte de apelido O mais bonito é cabeção!